Viajar com crianças muito pequenas ou bebês pode parecer um grande desafio. Porém, não precisa ser o fim do mundo. Uma viagem com os bebês, nos tempos modernos, é não apenas possível, como altamente recomendável para criar uma conexão familiar ainda mais duradoura. Além disso, é ótimo para a mamãe relaxar e descansar.

Antes da viagem com bebê, converse com um pediatra

Se a família está viajando, é sempre uma boa ideia verificar com o pediatra, pelo menos, duas semanas antes, para ver se a criança precisaria de imunizações extras. Dependendo de para onde você está indo, seu filho pode precisar de certas vacinas antes, como o sarampo, ou tomar um remédio específico. A seção de saúde online do Ministério da Saúde é um ótimo lugar para pesquisar.

Considere um assento de carro confortável antes de decidir destinos com o bebê

Sim, é um aborrecimento, mas ainda é o lugar mais seguro para o seu bebê. Se você estiver viajando de carro, é uma obrigação ter a cadeirinha. Se estiver viajando de ônibus ou avião, é importante conhecer políticas específicas, mas você pode precisar comprar um tíquete separado. E não se esqueça de levar o bebê para fora do assento a cada duas horas. Isso permite que eles se estiquem e movam suas pernas, e eles provavelmente precisarão de uma troca de fraldas de qualquer maneira.

Viagem com crianças pequenas precisa de um carrinho dobrável

Existem bons carrinhos que se dobram perfeitamente e podem ser pendurados no ombro como uma sacola. Eles também são reconhecidos pela maioria das companhias aéreas como bagagem de mão, portanto, é possível jogá-lo no compartimento superior e navegar nos corredores de avião, trem ou ônibus e é menos uma dor de cabeça. As únicas desvantagens: o preço e o fato de não ser recomendado para viajantes com menos de 6 meses. Você também perderá o armazenamento da cesta.

Outra opção que economiza espaço é um portador de bebê, como aquelas faixas para carrega o pequeno como um “canguru”. Muitas vezes o bebê adormece no peito, e se o bebê está no colo, ou com menos de dois anos, isso pode aliviar o estresse de um carrinho de bebê. Cuidado se seu bebê não fez o desfralde, e vá bem equipada para a viagem.

Viajando com um bebê

Viajar com um bebê ou criança pequena pode ser uma experiência única ou um pesadelo, dependendo do seu planejamento. (Foto: Oliver’s Travels)

Peça um berço em voos internacionais

Indo para o exterior? Ligue antes para ver se a companhia aérea oferece um berço. Estes são normalmente gratuitos em voos internacionais, embora estejam sujeitos à disponibilidade. As cias aéreas aconselham a verificação antecipada, especialmente para voos domésticos, enquanto a outras fornece um número limitado de berços apenas em voos internacionais.

Entretenimento é necessário para bebês em viagens

Sempre procure manter seu bebê ocupado, que aconselha a colocar lanches, quebra-cabeças, livros para colorir ou qualquer coisa que você possa encher em sua bolsa que não seja volumosa. Carregue o tablet com jogos e filmes para crianças e compre em lanches favoritos, então você não está à mercê do carrinho de comida. Mochila muito pesada? Os jogos de bater palmas da velha guarda são sempre um sucesso e não requerem brinquedos extras.

Lide com mudanças no clima

A maioria das crianças geralmente está bem com as mudanças no clima durante as viagens, mas como as crianças não conseguem engolir, estalar as orelhas ou bocejar, a única alternativa é chupar. Amamentação, mamadeira ou chupeta são bons, especialmente durante mudanças de pressão, quando ocorre a maior mudança na pressão. Roupas extras e em camadas ajudam nas mudanças de temperatura.

Verifique se há segurança no destino

Os padrões de segurança variam de acordo com o país, por isso certifique-se de fazer uma inspeção completa do quarto do hotel. Os pais devem se sentir confortáveis ​​com as grades e verificar se a criança não consegue passar, e esteja atento para verificar se há fios elétricos expostos e descascar pedaços de tinta. Os pais de crianças pequenas que andam devem ficar especialmente atentos.

Peça para amenidades para o bebê

Muitas redes de hotéis oferecem materiais para bebês, como tampas de tomadas, enquanto algumas suítes são totalmente equipadas com baldes de fraldas, banheiras para bebês e monitores. Em outros, pais podem pegar emprestados carrinhos e comprar fraldas. isso pode ajudar a evitar ter que viajar com um carrinho de criança, mas é aconselhável ligar com antecedência.

Lembre-se de verificar cuidadosamente os berços e carrinhos de bebê por segurança. Pesquise online pelo fornecimento de serviços para bebês e famílias e veja o que outros hóspedes dizem sobre a qualidade.

Cuidado com insetos e mosquitos

Não deixe seu filho sem repelente de mosquitos. Em climas tropicais, especialmente, camisas e calças de mangas longas são as melhores, mas também considere loções com DEET, que é seguro para crianças acima de 6 meses. Nunca borrife um bebê devido ao risco de inalação. Colocar um mosquiteiro ao redor de um berço é outra boa ideia, mas verifique com seu pediatra para ouvir suas opções.

Como vocês viajam com bebês? Quais opções acham válidas?

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)